terça-feira, 8 de outubro de 2013


Eu sou o amor. 
O amor tem gosto doce, mas também amargo.
Eu te levo às alturas, mas também às profundezas, para que você possa perceber o seu apego à Terra e libertar-se dele. 
Quanto mais você se aproxima de mim, mais eu vou te espremer para que você possa ser verdadeiro; para que você possa tirar as máscaras; para que você possa se libertar de todas as defesas e amortecedores. (estou literalmente, neste momento)

Porque isso é ser livre: não usar nenhuma máscara, nenhum amortecedor."

Sri Prem Baba